Você sabia que respiração e emoção estão intimamente ligados e que aquilo que você sente depende da forma como você está respirando?

Se você quer se aprofundar nesse assunto, e conhecer sobre a respiração, leia esse artigo ou assista o vídeo até o final.

O professor DeRose costuma dizer que se você escolher conscientemente o ritmo e a profundidade da sua respiração, você consegue determinar que tipo de emoção você vai sentir e consequentemente que tipo de ação você vai executar depois.

Existem muitos estudos sobre isso, e nesse vídeo, Alan Watkins conta o porquê você sente o que sente. Esse estudo demonstra a relação da respiração e nossos sentimentos.

O coração e o ritmo respiratório

Mas na prática, como é que ocorre esse fenômeno?

É mais ou menos assim… o nosso coração, costuma entrar em sintonia com o ritmo da nossa respiração.

Se a minha respiração estiver lenta e ritmada, o meu coração vai entrar
em ressonância com ela. O batimento cardíaco vai ser lento e vai ser ritmado.

Isso vai gerar o tipo de sentimento, um tipo de emoção: descontração, curiosidade, você vai se sentir bem, você vai ficar no estado de descontração.

Se a sua respiração fica lenta, mas fora do ritmo, o seu coração vai entrar
em ressonância com ela. Ele vai ficar lento, mas arritmado.

Ora ele fica lento, depois ele sobe, vai lá em cima depois ele volta, isso porque ele vai entrar e ressonância com a sua respiração.

Isso vai gerar um tipo de emoção: apatia, depressão.

Se a sua respiração está rápida e ritmada, mais uma vez o seu coração entra em ressonância com ela.

Seu coração vai ficar rápido, mas num ritmo. Isso vai determinar o tipo de emoção que você vai sentir. Foco, paixão, determinação, que por consequência vai gerar determinadas ações.

Se a sua respiração esta rápida, mas não tem o ritmo, novamente olha o coração entrando em ressonância com a sua respiração, ficando rápido e fora de ritmo.

Isso também vai gerar um tipo de emoção. Qual? Ansiedade, ódio, por exemplo, que vai gerar outro tipo de ação completamente diferente.

Parece uma coisa simples, mas obviamente  isso exige um treinamento para conseguir colocar isso em prática.

O ideal é que você aprenda a fazer exercícios e técnicas respiratórias. Eles vão condicionar o organismo a executar a respiração adequada aos resultados que você deseja alcançar.

Aconselho que você procure uma das escolas do Método DeROSE, ou entre em contato comigo para tirar suas dúvidas. Vou lhe mostrar o caminho para que você possa aprender também essas técnicas.

Espero que você tenha gostado desse assunto e que compartilhe com alguém que você ache que vai gostar.

Um forte abraço.